Portaria Segura, Condomínio Seguro

É na portaria que todas as pessoas se identificam, entram, saem e deixam encomendas. Infelizmente, é nela também que acontecem as principais abordagens dos assaltantes em caso de um arrastão, poe exemplo. Mas, para quem acha que uma guarita deve ser simples e apenas com um vidro escuro, saiba que esse é um pensamento errado.

Existem diversos recursos e itens essenciais para que esse local ofereça segurança não só para os condôminos, mas também para o funcionário.

Guarita - Conforto e estrutura

* A guarita deve ser cega para quem a vê de fora e, para quem a ocupa, deve oferecer visão total dos arredores do condomínio;

* Ela precisa garantir conforto e fácil locomoção dos profissionais, bem como possuir de maneira correta todos os equipamentos de segurança;

* O monitor ( ou monitores), por exemplo, deve estara uma distância de 80cm a 100cm da visão do profissional;

* Esse ambiente deve ser, acima de tudo, arejado, pois locais abafados provocam mais sonolência;

* O Condomínio deve disponibilizar um sanitário na guarita, principalmente se o número de profissionais for pequeno.

Nada de Cochilos

Para evitar o cochilo, é recomendado a instalação de aparelhos que disparam alarmes em intervalos de tempo determinados, por exemplo, e que só param de tocar quando o porteiro aperta o botão.

Se a portaria do seu condomínio não possui alguns dos itens descritos acima, é preciso mobilizar os moradores e  estimular a adequação do local aos padrões de segurança e conforto. É preciso levar em consideração que a guarita deve ser um posto de trabalho completo e oferecer ao profissional todas as ferramentas necessárias para plena execução dos serviços.